ABC das Marmitas #3 - "Restos" Ganham Vida!

25 de Fevereiro de 2018

Durante os meses de Janeiro e Fevereiro, vamos ter uma publicação semanal que abordará um tema, na minha opinião, bastante importante: as marmitas! Por isso fiquem atentos, irei dar várias dicas, opções de refeições e snacks, receitas (com e sem micro-ondas), etc. Iremos fazer cálculos de quanto podem poupar, e vou partilhar com vocês como eu faço a minha gestão de tempo e recursos!



"Restos" ganham vida!

A questão do desperdício alimentar é algo que me preocupa. Na maioria das vezes nem sequer é uma questão propositada ou consciente, e mesmo sem querer acabamos por desperdiçar alimentos, pelos mais variados motivos: compramos mais do que na realidade precisamos, não conseguimos gerir o nosso stock de produtos (maioritariamente os frescos) ou porque nem sempre temos criatividade para dar um destino aos "restos", aos alimentos que estão prestes a estragar.

Uma solução que muitas famílias parecem adoptar são as ementas semanais, em que todas as refeições da semana são pensadas, na semana anterior, e todos os gastos são calculados para que, na hora das compras, não tragam para casa mais do que o estritamente necessário, reduzindo-se o desperdício para o mínimo. Esta questão aplica-se mais aos frescos claro, como as carnes e peixes, frutas e legumes, ou até mesmo o pão! Artigos não perecíveis conservam-se durante muito mais tempo.

Aqui em casa ainda não conseguimos adoptar estas ementas, por vários motivos. Falta de tempo para o planeamento exigido, o facto de estarem sempre a chegar produtos inesperados (ex.: frutas ou legumes que amigos ou familiares nos trazem sem contarmos), etc. A nossa maior arma é apenas a lista das compras, compramos apenas aquilo que vamos mesmo precisar!

Por aqui evitamos o desperdício fazendo uma espécie de revisão ao frigorífico no fim da semana, normalmente à sexta-feira ou sábado damos uma volta ao frigorífico para ver se existe algum produto ou algum resto das refeições da semana. E há sempre uma forma de dar-lhes destino! Legumes podem fazer parte de umas belas bruschettas, uma massa salteada, uma omelete, ovos mexidos. Peixe e carne podem também acompanhar uma massa, uma salada fria (ou quente) de arroz, de grão-de-bico, de milho, uma bola de carne (caso tenha várias carnes e enchidos), etc. As frutas podem dar origem a pures, a compotas, enfim... são inúmeras as opções!

Outra opção válida é congelar os excedentes. Aqui em casa costumamos receber frutas e legumes de familiares, amigos ou vizinhos, periodicamente e muitas vezes a solução passa por lavar, preparar e congelar. Espinafres, brócolos, feijão verde, tomates, couves de Bruxelas, courgette, cenouras, etc. todos podem ser preparados, cortados em pedaços ou rodelas e congelados e assim estão sempre prontos a usar.

E o mesmo pode ser feita com as frutas! Costumo congelar frutos vermelhos no Verão (porque o preço é mais barato e são mais doces e sumarentos), bananas muito maduras (ficam ótimas num Bolo de Banana e Caramelo), kiwis maduros (para sumos detox), etc. E até congelo casca de limão! Sim, casca de limão... quando temos limões biológicos em excesso, retiro as cascas (uso os limões para sumo), coloco-as numa saca e estão prontas a usar! Com elas podem aromatizar uma Tarte de Nata, umas Papas de Aveia, uma Chá de Gengibre, etc. Toda a fruta tocada pode ser aproveitada seja para sumos naturais, batidos, bolos ou sobremesas.



Sobras com Twist

Sobrou carne ou peixe do almoço ou jantar? Desfie e aproveite os ingredientes que tem no frigorífico e despensa para criar belas tartes salgadas, saladas de arroz ou massa, ou até mesmo de cuscuz ou quinoa. Faça uma Empada de Frango, um Gratinado de Peixe, um Arroz de "Pato" com aproveitamento de carnes e enchidos,

O pão que sobra em cada dia pode ter vários destinos! Podem optar por congelar e, sempre que precisarem, basta descongelar e torrar e têm sempre pão para o pequeno-almoço, para o lanche, enfim... podem também deixá-lo secar ao ar ou no forno (processo mais rápido) e fazer com ele pão ralado, perfeito para panar, para fazer almôndegas ou hambúrgueres, para usar em gratinados, etc.

O que fazem com os desperdícios dos legumes?! O caule dos brócolos, a rama do alho francês, as cascas das cenouras, das batatas e cebolas... todos estes desperdícios podem dar um ótimo caldo de legumes! Basta colocar todos num tacho com água, sal e pimenta a gosto e uns dentes de alho para um saborzinho extra e, com este caldo, podem arroz, risotto, massas, sopas, etc. e dar-lhes um toque especial, e mais nutrientes!

E as claras que sobram de tantas sobremesas tipicamente portuguesas? Para elas tenho dezenas de soluções, várias receitas que podem encontrar AQUI e que vão desde bolos e bolinhos, sobremesas de colher, e até mesmo tortilhas deliciosas!

Acompanha-nos também em:

   

4 comentários :

  1. Ola!!
    Sou muito apologista da utilização das marmitas.
    Para além de pouparmos dinheiros nas refeições, podemos sempre ser criativos.
    Beijinhos <3

    pimentamaisdoce.blogspot.pt

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Marta!

      Que bom, as pessoas começam a render-se às marmitas, são ótimas mesmo!

      Beijinhos

      Eliminar
  2. É uma óptima dica. E com o resto de arroz pode-se fazer risotto.
    Um beijinho grande*
    Vinte e Muitos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Olívia!

      Sim, o arroz é tão versátil... saladas de arroz, empadão de arroz, bolinhos fritos, etc. Tantas opções!

      Beijinhos

      Eliminar