Sonhos de Cenoura

20 de Dezembro de 2017

Depois do sucesso que os Sonhos de Abóbora tiveram cá em casa, estava ansiosa por experimentar novas combinações... muitos de vocês disseram-me que os sonhos de cenoura eram ainda melhores... como assim?! Como é possível serem ainda melhores?! Tenho que experimentar! E assim foi...

Pequenos sonhos, super fofinhos, que ao mesmo tempo são leves e densos, mas super fofinhos mesmo... doces quanto baste, que se desfazem na boca? (tal como os anteriores!) Mas... um sabor muito mais intenso, mais rico. Cá em casa foram (ainda mais!) apreciados do que os de abóbora, por isso palmas para vocês, são os melhores conselheiros de receitas de sempre! Agora procuro novas ideias de combinações... sugestões?!


Pudim de Caramelo no Micro-Ondas

18 de Dezembro de 2017

Por vezes apetece-nos um docinho mas... não queremos perder muito tempo a preparar! Apenas porque não, porque passamos a semana a correr de um lado para o outro, porque estamos cansados, porque temos preguiça. Mas não importa o motivo! Queremos apenas algum simples: 5 minutos de preparação, colocamos no frigorífico e pronto! Um pudim aveludado, de sabor subtil a baunilha, uma textura bem cremosa... palavras para quê?!


Tronco de Natal

15 de Dezembro de 2017

Calma! Não se assustem já com a lista de ingredientes, com a extensão do procedimento, porque na realidade esta receita é bem simples mas... extensa porque aqui vou partilhar com vocês todos os truques e dicas que funcionaram para eu obter um rolo perfeito, um rolo que não quebra e que depressa se transformou num Tronco de Natal de sonho...

Nunca tinha ousado fazer um tronco em casa... e sempre que os comprava fora ficava desconsolada, não eram nem de longe, nem de perto, aquilo que eu queria. Então coloquei mãos à obra e, na terceira tentativa, conseguimos alcançar o sucesso! O melhor tronco de Natal que já comi, uma combinação de sabores incrível... rolo fofo e húmido, creme de ovos bem cremoso (inspirado na Dolce Rita!) e uma ganache de chocolate de louvar aos céus... palavras para quê?! Eis a receita que tanto me pediram estes dias no Facebook!

P.S.: vão sobrar algumas claras do creme de ovos, mas não desesperem! Existem várias receitas no blogue perfeitas para aproveitar esses claras, tais como, Molotof, Tarte Merengada de Limão, Pavlova de Morangos e Chocolate, Suspiros, Bolo Tigre, Financiers de Framboesa, entre muitas outras!


Camembert no Forno com Tomilho

11 de Dezembro de 2017

Quando penso em Natal, em passagem de ano, etc. penso sempre numa mesa cheia, cheia de tudo, incluindo deliciosas entradas... tantas e tão boas que, quando passamos ao bacalhau, já nem temos barriga para ele e... só queremos saltar logo para a mesa das sobremesas! E há uma entrada que eu adoro de paixão: queijo camembert gratinado no forno! É super simples e rápida de preparar, e vai desaparecer num instante também, garanto-vos que todos vão gostar!


Pão-de-ló de Ovar

8 de Dezembro de 2017

Pão-de-ló é uma daquelas receitas que se faz e... em menos de 24 horas já desapareceu! E confesso que, apesar de adorar o Pão-de-ló Tradicional (receita da minha avó materna), o meu favorito é o pão-de-ló de Ovar. Quem prova o pão-de-ló de Ovar não quer outra coisa, e a verdade é que a consistência única e o sabor, são capazes de por as minhas papilas gustativas a saltar cada vez que o provo.

Em 1700, o pão-de-ló era oferecido aos oradores sacros que visitavam a cidade de Ovar, e apenas algumas famílias conheciam a receita deste doce, guardada a sete chaves! Por isso, as pessoas que não a conhecia e, ainda assim, se queriam deleitar com esta iguaria, compravam os ingredientes e entregavam a que conhecia a arte... a sua confecção era feita em alguidares de barro vermelho e cozido em caçarolas de barro forradas de papel branco.

A receita que vos trago hoje não é feita em formas de barro, mas é bem simples e económica. Não será tarefa fácil é ficar-se só por uma fatia...


Crepes de Vegetais com Molho Agridoce

4 de Dezembro de 2017

Uma das coisas que adoro no sushi são as entradas! Os crepes de vegetais com molho agridoce e molho de soja são absolutamente viciantes! O interior macio e rico de legumes, o exterior extra crocante, e o molho agridoce espesso, intenso e delicioso... só de pensar nasce-me água na boca! Eu precisava destes crepes na minha vida! Tinha que experimentar recriá-los em casa! E cá estão eles... palavras para quê, não é verdade?!


Sonhos de Abóbora

1 de Dezembro de 2017

Hoje é um dia de confissões aqui no blogue. Eu, Bárbara Cardoso, confesso ter cometido um crime severo. Nunca, mas nunca mesmo, em toda a minha vida, tinha comido sonhos de abóbora... nem de cenoura já agora! Sim, é um crime horrendo e hediondo mas, em minha defesa todos os anos fazia os tradicionais Sonhos de Natal... mas este ano tentei redimir-me e comecei pelos sonhos de abóbora!

E meu deus, o que andei a perder todo este tempo! Fui recolher esta receita aos caderninhos antigos que temos cá em casa, e como vos hei-de explicar?! Conseguem imaginar um pequeno sonho, super fofinho, que ao mesmo tempo é leve e denso, mas super fofinho mesmo... doce quanto baste, que se desfaz na boca? Pronto, foi o melhor que consegui! Têm que experimentar a receita para perceberem o que quero dizer, sério! Eles desapareceram na hora, nem sobraram para contar a história...


Tarte de Requeijão, Cogumelos Portobello e Ervas

29 de Novembro de 2017

Quando é preciso fazer refeições de marmita para todos os dias, as tartes salgadas são uma mão na roda! Além de serem muito simples e rápidas de preparar, ajudam-nos a aproveitar os "restos" que se escondem no frigorífico... neste caso havia um requeijão e uma massa quebrada (a aproximarem-se do fim da validade) e algumas claras... o resultado?! Uma tarte maravilhosa, muito completa em termos nutricionais que todos vão adorar sem dúvida!


Cheesecake de Limão e Canela

24 de Novembro de 2017

Estou apaixonada. As sobremesas em copos individuais têm uma magia especial, a magia do auto-controlo (ou controlo imposto) que faz com que eu coma apenas uma porção de sobremesa e nada mais... não existem desculpas para ir buscar "só mais um bocadinho" e acabar por comer mais duas ou três porções pelo caminho... além de ficarem absolutamente adoráveis!

Assim, cada vez mais tenho optado pelas porções individuais. Aproveito os copinhos de vidro dos iogurtes e assim se apresentam estes mini cheesecakes que, mesmo sendo pequenos, ficam uma delícia e são muito facéis de preparar... é questão para dizer que "as sobremesas não se medem aos palmos"...


9 Receitas de Bolos de Aniversário

Novembro é um mês de vários aniversário na família! Facto que me inspirou a percorrer as receitas aqui do blogue em busca dos meus bolos de aniversário favoritos. Bolos esses bem tradicionais que, apesar de eu achar os bolos de cake design muito bonitos (e quem os faz, pessoas muito talentosas!), eu sou uma eterna amante dos bolos tradicionais... aqueles bolos de decoração bem caseira, bem simples que requer apenas açúcar em pó, alguns frutos secos, um saco de pasteleiro e a nossa criatividade e amor... espero que gostem, tanto quanto eu!

Molho Chilli Agridoce

22 de Novembro de 2017

Há um ano atrás diria firmemente que "não gosto de sushi! Comer peixe cru, eu?! É que nem pensar!" mas a verdade é que há alguns meses experimentei sushi de fusão, num restaurante incrível (posso fazer uma publicação sobre ele se quiserem!), e adorei... e uma das coisas que mais gostei foram os crepes de vegetais com molho agridoce... não sou grande fã de picante, mas este molho é simplesmente incrível e eu tinha que experimentar, obrigatório!

Quando vi a receita no blogue da Joana pareceu-me perfeita, mas revelou-se difícil (e mais tarde caro) encontrar o vinagre de arroz por isso, e com o seu consentimento, utilizei vinagre de sidra para substituir, carreguei nas malaguetas e retirei o gengibre que, pessoalmente, não tinha sentido no molho quando fomos ao sushi, por isso não ia estar presente no meu também. E cá está a receita... o molho ficou delicioso, tem a doçura e o picante perfeitos. E vai acompanhar na perfeição os meus crepes de legumes caseiros... já tenho água na boca!


Pescada com Especiarias

20 de Novembro de 2017

O nosso congelador chegou a um estado de caos autêntico. Vamos aproveitando promoções, aproveitando os legumes da época (que lavamos, cortamos e congelamos), comprando coisas novas para experimentar e... ele está a abarrotar! O que é péssimo para o funcionamento do congelador porque vai acumulando cada vez mais gelo, que aumenta o consumo energético do mesmo. Por isso era urgente começarmos a esvaziar, gastar tudo o que lá estava e fazer uma limpeza geral!

E assim surgiu esta pescadinha com especiarias. Tínhamos algumas postas de pescada, mas estávamos cansados das receitas habituais... então peguei nas especiarias e comecei a misturar algumas das nossas favoritas. As especiarias dão sempre um up às nossas receitas, parece que viajamos a cada garfada, por isso final feliz para a pescadinha!


Bolo de Requeijão e Citrinos

17 de Novembro de 2017

Havia um requeijão sozinho, abandonado no meu frigorífico. Sem destino certo, sem futuro à vista. Triste e solitário. Até que um dia vi uma receita maravilhosa, num blogue que adoro, e decidi adaptar (uma vez mais!) aos gostos cá de casa. Adoramos bolos de laranja, limão, tangerina, de belos e sumarentos citrinos que fornecer a sua casca (replecta de óleos perfumados) e o seu sumo. E porque não juntar todos? Reunir o melhor de cada um, num único bolo?!

E assim foi... e assim nasceu um bolo simples, delicioso, com uma textura que faz lembrar as pequenas queijadinhas... um bolo a repetir sem dúvida!


Creme de Espinafres

15 de Novembro de 2017

Tenho um enorme trauma com dentistas. Usei aparelho de correcção dentária durante 3 anos, na minha adolescência, e não foi o facto de gozarem comigo (mais conhecido como bullying, nos tempos que correm) que conduziu ao trauma, mas sim a minha dentista. Seria possível eu ter ido parar numa dentista mais "massa bruta" que aquela?! Acho que não. Estava destinado, e assim sofri durante três longos anos à sua mercê. E foi tudo tão doloroso para mim que durante muitos anos (mais do que me orgulho de dizer!), menosprezei as idas ao dentista, recusava-me a colocar os pés num novamente durante muito, muito tempo!

Mas, os malvados dentes do siso tinham que aparecer! E tornou-se inevitável... mas encontrei uma médica de sonho, tive a sorte de encontrar a Dra. Sara que é capaz de arrancar dentes sem darmos por ela sequer! Acreditem no que vos digo. Sentei-me na cadeira, ela deu-me uma anestesia real (em que eu não sentia nada de nada!) e 2 minutos depois dizia-me que o primeiro dente já tinha saído, e perguntava se eu estava preparada para o segundo! Claro que estava caramba! Que sonho!

A recuperação do processo já não foi tão fácil. Foram muitos dias a líquidos apenas, a comer sopas frias, puré de batata frio com carne picada fria, muitos sumos e gelados, e ainda assim as dores demoraram muito a passar. E o creme de espinafres foi um dos meus melhores companheiros! Gosto muito de sopas e cremes com espinafres, porque além de ficaram deliciosos, este legume tem tantos, mas tantos bons nutrientes... é incrível! Então, como eu não podia comer muitas coisas, tentei fazer um creme cheio de legumes do bem, de coisas boas para me ajudarem a recuperar... e cá está ele!


Feijoada de Argolas de Lulas

13 de Novembro de 2017

Antes de mais vou já pedir desculpa à pessoa que inspirou esta receita. Porquê?! Porque há vários meses atrás vi algures uma receita de feijoada de argolas de lulas e peguei no meu caderninho, e comecei a rabiscar alguns ingredientes: argolas do mar, feijão, linguiça, tomate. Ingredientes base para uma bela feijoada do mar. Porém este rabisco ficou esquecido até há semana passada, altura em que resolvi pegar na ideia e reproduzir a minha próxima feijoada! Por isso peço imenso desculpa. Não faço ideia de onde veio esta ideia (face a redondância!), apenas sei que foi ótima e ficou uma feijoada bem saborosa.

E tal como eu me inspirei, também vocês se podem inspirar, criando as vossas próprias feijoadas, as vossas próprias receitas a partir de outras. Porque cozinhar é mesmo assim, é ser inventor, é inovar, é procurar sempre dar o nosso cunho, na cozinha e na vida! E assim vos deixo com uma feijoada deliciosa, perfeita para estes meses bem frios que se avizinham... a verdadeira comida de conforto!


Tarte de Nata

10 de Novembro de 2017

Os pastéis de nata são uma das mais tradicionais e populares especialidades da doçaria portuguesa. No final do século XVII vários conventos e mosteiros de Portugal produziram uma gama diversa de pastelaria e doçaria à base de ovo, utilizando as sobras das claras de ovo utilizadas na lavagem de roupa e no processo de produção de vinho.

Com a expulsão das ordens religiosas e o encerramento de muitos conventos e mosteiros no rescaldo da Revolução Liberal de 1820, esta receita saiu dos conventos e tornou-se um ex libris da doçaria portuguesa. Desde então, clientes locais e visitantes provam estes deliciosos pastéis polvilhados com canela e açúcar em pó, acabados de sair do forno.

O número de casas especializadas em pastéis de nata no Porto tem vindo a aumentar e eu, como boa apreciadora desta iguaria, tenho ido experimentar algumas delas, registando sempre a minha opinião na Zomato. Já visitamos a Manteigaria (uma fusão com a Delta Q), a Fábrica do Pastel de Nata e a Nata Lisboa... e a saga continua!

E assim ocorreu-me que, já há muito tempo, que não fazia um pastel de nata gigante (porque a minha preguiça é maior ainda... e untar dúzias de formas dá muito trabalho!). Coloquei então mãos à obra e fiz uma versão mais fiel ao seu nome, uma versão com natas. Mas existe já uma versão "tradicional" de Pastel de Nata aqui no blogue, igualmente deliciosa...


Esparguette à Bolonhesa

8 de Novembro de 2017

Cá em casa tentamos gerir bem as refeições da semana, procuramos sempre ter alguma programação, para que se poupe tempo e trabalho que o tempo é escasso e chegamos a casa já muito cansados... por isso quando vamos ao talho já pensamos em vários pratos em simultâneo. Trazemos quase sempre carne picada, mas não a carne de exposição! Pedimos sempre 1 kg de carne de novilho (com pouca gordura) e pedimos para picar e, depois em casa, é feita a divisão. Retiramos cerca de 300-400 gramas para fazer uns hambúrgueres (para emergências!) e a restante serva um belo Chilli de Carne, umas Almôndegas com Molho de Tomate,  uma Tarte Bolonhesa, ou um Esparguette Bolonhesa, como aconteceu na semana passada.

Uma refeição simples, rápida e perfeita para a correria da semana, que continua a ser muito reconfortante, e a que todos recorremos frequentemente, seja por ser deliciosa, seja por ser económica e muito rápida de preparar. E esta é a minha versão!


Camarões Panados com Molho de Alho

6 de Novembro de 2017

Às vezes sabe bem um petisco... algo simples e prático para comer sentado no sofá enquanto assistimos uma série, um filme... e saltar a hora do jantar! Quem nunca?! Semana passada esse foi o cenário cá em casa: um prato de camarões panados, uma Sommersby de amora na outra mão e um filme maravilhoso... A Bela e o Monstro, com Emma Watson, para recordar a infância, os belos tempos de criança, inocente e sem responsabilidades... e aquele que é o filme favorito da Disney para a minha mãe.


Queijadas de Requeijão

3 de Novembro de 2017

Com o Inverno à porta a única coisa que nos resta fazer (além de suspirar pelo Verão...) é preparar coisas boas para acompanharem o chá/café da tarde, para nos deliciarmos no quentinho da cozinha, enquanto folheamos um livro de culinária e nos inspiramos para aquilo que será o jantar... e estas queijadinhas desempenham esse papel na perfeição! Podem também polvilhá-las com canela e açúcar em pó para dar um toque extra.


Cupcakes Teia de Aranha - Especial Halloween

1 de Novembro de 2017

Gosto bastante do Halloween bem sabem... não porque goste de andar por aí mascarada a bater às portas em troca de doçuras ou travessuras, mas porque adoro fazer doces e salgados relacionados com o tema. Divirto-me imenso a pensar no que fazer, a executar e decorar cada receita... e essa é para mim a melhor parte!

Também gosto bastante de ver as crianças felizes a correrem pelas ruas, de olhos brilhantes, mascarados de bruxas, vampiros e outros seres sobrenaturais, em busca de guloseimas. Lembra-me sempre que, quando eu era criança, podia correr livremente pelas ruas (durante todo o ano!) sem restrições, podia ser criança, ser livre e, infelizmente, agora não é bem assim. Por isso ainda bem que estamos a adoptar esta época, as nossas crianças merecem dias assim. E eu mereço ter guloseimas assustadoras para provar... e partilhar convosco!


9 Receitas para o Dia Mundial da Poupança

Amanhã, dia 31 de Outubro, comemora-se o Dia Mundial da Poupança. É o pretexto perfeito para vos trazer algumas receitas económicas, mas saudáveis, que evitem o óbvio: porco, frango e outras carnes mais "económicas". O objectivo é que vejam, com os vossos próprios olhos, que é possível comer bem, bom e barato evitando o porco (carne que cá em casa raramente entra!) e o frango inteiro (cujo preço de quilo é bem barato também).

Trago-vos então 9 sugestões económicas, em que temos 6 pratos de peixe ou de carne e 3 sobremesas, porque a vida é curta demais para saltarmos um docinho de vez em quando! Os pratos principais custam até 1,95€ por pessoa e as sobremesas até 0,50€ por pessoa, tendo em conta as doses que cada um permite. Ou seja, em casa ou no trabalho é possível termos uma refeição farta, recheada de coisas boas e saudáveis por pouco dinheiro...

Se gostaram destas sugestões partilhem! Partilhem com os vossos amigos e familiares, porque certamente irão ajudar mais pessoas a poupar, a dar preferência a comer em casa, onde é mais saudável e, acima de tudo, mais barato! Viva a poupança!!!


Pratos de Peixe:

1. Empadão de Salmão e Espinafres - 7,35€  (1,25€/pessoa)
2. Arroz de Pescada à Algarvia - 5,30€  (1,35€/pessoa)
3. Pescada Gratinada - 6,45€  (1,10€/pessoa)

Pratos de Carne:

4. Almôndegas com Molho de Tomate e Manjericão - 7,60€  (1,50€/pessoa)
5. Tarte de Peru e Legumes - 5,45€  (1,35€/pessoa)
6. Arroz de Pato - 7,85€  (1,95€/pessoa)

Sobremesas:

7. Bolo de Bolacha, Café e Chocolate - 4,75€  (0,40€/pessoa)
8. Torta de Cenoura - 1,25€  (0,15€/pessoa)
9. Bolo de Banana e Caramelo - 1,75€  (0,25€/pessoa)

Panquecas de Cacau, Manteiga de Amendoim e Queijo Fresco

30 de Outubro de 2017

Adoro panquecas... e gostava muito de comer panquecas todos os dias ao pequeno-almoço (acho que nunca as vou enjoar!), mas dão um certo trabalho têm que concordar... por isso como apenas de vez em quando... até porque não são a opção mais saudável de sempre! Mas há alguns dias testei esta versão! Além de ser mais saudável do que as habituais, a receita é super rápida porque basta colocar todos os ingredientes no liquidificador e triturar! Frigideira quente e voilà! Temos deliciosas panquecas para começar a manhã, a semana em grande... porque nós merecemos, sempre!


Bolo de Chocolate e Maionese - Especial Aniversário

27 de Outubro de 2017

O tempo passa a voar... faz hoje 6 anos que me sentei diante de um computador, com muito poucos conhecimentos sobre culinária, e decidi arriscar, decidi criar um espaço para partilhar, para guardar as nossas receitas favoritas, para interagir com outras pessoas, que também adoram cozinhar!

Faz hoje 6 anos que este cantinho surgiu, bem diferente do que é hoje, sem dúvida! Contínua a ser um espaço de partilha claro! Um espaço onde todas as receitas publicadas são feitas com amor, as receitas funcionam, foram testadas e aprovadas... caso contrário não estariam aqui! Os valores mantém-se, mas a imagem mudou muito ao longo dos anos... os meus conhecimentos, as técnicas, as experiências mudaram. Foram anos de muitos altos e baixos, de muitas conquistas, de muitos desafios... e foram maravilhosos!

Hoje, para celebrarmos juntos mais um aniversário, trago-vos um bolo de chocolate bem simples, mas bem diferente também... mal lerem os ingredientes vão pensar que enlouqueci! Mas não, calma e muito confiança! Porque este é o bolo mais fofinho que já alguma vez comi... e melhor de tudo, este bolo aguenta muito tempo, ou seja, 2 ou 3 dias após ele continua tão fofinho como no primeiro dia, e isso é simplesmente maravilhoso, pelo menos para mim! Então iremos ter algumas variações deste bolo aqui no blogue de certeza!


Salada Caprese com Queijo Fresco

25 de Outubro de 2017

Às vezes sabe bem preparar receitas simples, sem grandes ingredientes, métodos, sem demorar grande tempo... e esta salada é assim, bem simples e rápida, mas deliciosa! É uma pequena adaptação da típica salada italiana, porque substitui o habitual queijo mozzarella pelo queijo fresco e fica uma delícia! É a prova também de que nem sempre precisamos de ir comprar ingredientes de propósito para esta ou aquela receita, podemos (e devemos!) aproveitar os ingredientes que temos no frigorífico, na despensa, porque afinal a magia de cozinhar é mesmo essa... é pegar numa receita e adaptar aos nossos gostos, às nossas possibilidades, e torná-la mais especial ainda.


Limonada de Manjericão

23 de Outubro de 2017

A limonada "tradicional" em que juntamos água, gelo e limão num jarro está já ultrapassada... este refresco tornou-se rapidamente na bebida do Verão e tem cada vez mais acompanhantes: frutos vermelhos, maracujá, pêssego, amoras, etc. E, senão houverem crianças por perto, os acompanhantes são mais ousados e já misturam gengibre, canela, quem sabe um bocadinho de gin, vodka, whisky... enfim, inúmeras possibilidades!

Estranhem-me mas... apesar de tudo isto, eu gosto da limonada tradicional! É maravilhosa, super fresca e saborosa, mas gosto de adicionar algumas folhas de manjericão para dar uma corzinha e um leve aroma. Uso apenas uma pequena técnica para ficar bem docinha e saborosa, e não ficar nenhuma predinha de açúcar: faço uma calda de açúcar! E está tudo explicadinho...


Pudins de Chocolate - Especial Halloween

20 de Outubro de 2017

O Halloween, ou Dia das Bruxas, é um evento tradicional e cultural que se alastrou um pouco por todo o mundo, e que tem especial importância nos Estados Unidos, Canadá, Irlanda e Reino Unido. Este feriado remonta aos anos 600 a.C. e 800 d.C., ao calendário celta da Irlanda, mais precisamente, ao festival de Samhain, que marcava o fim do Verão.

Atualmente esta celebração conta com fantasias e costumes, repletos de bruxas, vampiros, gatos pretos, fantasmas, monstros e aranhas… num dia especial principalmente para as crianças que saem para pedir “doces ou travessuras” de porta em porta.

Para celebrar esta época vamos ter algumas receitas alusivas ao tema aqui no blogue! Hoje começamos com uns deliciosos pudins de chocolate, bem cremosos e aveludados, e bem horripilantes... uma receita super simples e divertida, perfeita para fazer com as crianças aí em casa. É usual elaborar receitas de Halloween mais divertidas todos os anos, por isso veja esta e mais receitas de Halloween AQUI.


Tarte Provençal (vegetariana)

18 de Outubro de 2017

Quem me conhece sabe que gosto muito de tartes salgadas, também conhecidas quem sabe por quiches. Já testei várias combinações e até agora nenhum superou a clássica Tarte Provençal... uma tarte bem simples (vegetariana) confeccionada uma vez mais com os legumes daqui da horta: courgettes e tomates coração de boi biológicos, cuidados com muito amor pelo meu avô. E é surpreendente como uma combinação tão simples, fica tão incrível... mais um dos segredos da mãe natureza talvez...


Tarte de Pera (receita da avó)

13 de Outubro de 2017

A minha avó sempre foi um grande cozinheira, é uma verdade universal, incontestável! Mas com o tempo tem desenvolvido um dom incrível... ela arranja todo o tipo de truques para encurtar a confecção das receitas favoritas de todos, tornando-as ainda melhores. Não acredita?! Veja então a Tarte de Maçã, uma receita da minha mãe, confeccionada antigamente pela minha avó, que era feita com creme de pasteleiro. Ou seja, dava o seu trabalho. A minha avó resolveu então substituir o creme de pasteleiro por um ingrediente super simples e nada trabalhoso. E depois desta versão de maçã, surgiu a versão de pera... e meu deus! É tão, mas tão melhor! A pera fica deliciosa cozinhada no forno, fica uma tarte incrível com apenas... 3 ingredientes!!! Que receita mais fácil vos poderia eu trazer?!


Panquecas de Limão e Mirtilos

11 de Outubro de 2017

O brunch é uma refeição tipicamente britânica que combina o pequeno-almoço (em inglês, breakfast) com o almoço (em inglês, lunch), normalmente realizada aos fins-de-semana ou feriados, em que toda a família se reune à volta da mesa num horário mais tardio do que o pequeno-almoço, e talvez mais cedo que o almoço.

Quando penso em brunch a minha mente pensa logo em panquecas. Brunch não é brunch (para mim) sem umas belas panquecas, altas e fofas, com um leve sabor a baunilha... e quem sabe a limão! Se gostam de panquecas simples têm que experimentar estas então. Panquecas de limão e mirtilos... só tenho a dizer que vão fazer as vossas papilas gustativas cantarem e... mais não digo! Observem as fotografias abaixo apenas...


Bacalhau Gratinado (ou Bacalhau com Natas)

9 de Outubro de 2017

Alguns anos se passaram desde que participei com a receita de Bacalhau Gratinado no concurso A Mesa dos Portugueses. Receita que foi vencedora da categoria, e que ficou em 3º lugar na geral (dentro das 5 categorias existentes: entradas e sopas, carnes e caça, peixes e mariscos, bacalhau, doçaria). Desde então a receita original sofreu algumas alterações, no sentido de torná-la cada vez mais saborosa, mais ao nosso gosto... e é essa receita que vos trago hoje!

Este bacalhau fica incrível... não há outra forma de o dizer, e assim coloco logo de lado a modéstia. O seu sabor é intenso, a sua textura aveludada... tudo o que se espera de um bom Bacalhau com Natas (chamo-lhe antes por norma, Bacalhau Gratinado porque não leva natas, mas sim molho béchamel caseiro, e leva queijo ralado para gratinar).


Bolo de Coco e Queijo Fresco

6 de Outubro de 2017

Imagine um bolo simples, muito simples, feito no liquidificador. Que não vai sujar quase nada na sua cozinha, apenas o copo do liquidificador. Imagine um bolo com ingredientes básicos, que tem na sua despensa, no seu frigorífico todos os dias. Pronto, pode parar de imaginar! Porque esse bolo existe e eu trago-lhe essa deliciosa receita hoje mesmo! Um bolo de coco muito simples, em que colocamos tudo dentro do copo do liquidificador, vertemos numa forma e pronto! Bolo quentinho, perfeito para o café/chá da tarde, acabado de sair do forno...


Chilli de Carne

4 de Outubro de 2017

Há refeições que nos reconfortam, que nos trazem aquela sensação de preenchimento, de felicidade, de aconchego... e para mim esses são os sinónimos de chilli. Devo começar por alertar que nunca comi chilli sem ser em casa! Mas pesquisei muito antes de o começar a fazer, li muito, vi quais eram os ingredientes base e parti para a minha versão (sem milho, que cá em casa nem todos gostam!) que, modéstia à parte, fica tão, mas tão boa!

Os ingredientes são muito simples, acessíveis ao dia-a-dia. Quase todos estão na nossa despensa, no frigorífico, por isso recomendo-vos de coração, experimentem! Não se vão arrepender! E, para o acompanhar, podem experimentar as Tortilhas Caseiras, cuja receita já foi partilhada aqui no blogue recentemente.


Marmelada (receita da Avó)

2 de Outubro de 2017

Quase todos os anos chegam cá a casa quilos de marmelos. E por norma é a minha mãe quem faz a marmelada todos os anos. Mas este ano, com a vinda dos meus avós para a reforma, e após alguns incidentes, foi a minha avó que deitou mãos à obra! Ela estava desejosa que chegassem os marmelos, porque já há mais de 25 anos que não fazia marmelada e tinha muitas saudades desses tempos... e assim foi, ela fez a sua famosa marmelada que ficou deliciosa!

Como boa neta fiquei atenta a todos os detalhes, pesei tudo e adaptei a receita, reduzindo as quantidades, mas mantendo as proporções isto porque, na realidade, não tivemos apenas 1 kg de marmelos limpos, mas sim quase 4 kg... podem imaginar quantas taças de marmelada temos certo? Mas a verdade é que todos a adoram cá em casa, então não deve durar muito! Fica a receita para quem quiser também experimentar. Aqui o difícil não é a receita em si, é descascar os marmelos e retirar os caroços. Esse sim é o desafio!


Molotof (ou Pudim de Claras)

29 de Setembro de 2017

Descobri recentemente que a minha tia e a minha prima adoram de paixão uma sobremesa bem simples que, pessoalmente não gosto (mas confesso que nunca provei... típica portuguesa), mas que sempre achei muito bonita. Claro que onde elas moram, em França, tem um nome mais pomposo, mas o conceito é bem simples! Claras, açúcar e caramelo... e em três simples ingredientes matamos logo com tudo! Já adivinharam o que por aí vem?!

Esta sobremesa surgiu em Portugal durante uma guerra europeia, altura em que já se confeccionavam as tradicionais receitas à base de gemas de ovos e açúcar, características da época (e que se perpetuaram ao longo dos tempos), e sobravam muitas e muitas claras. Estou a falar do Pudim Molotof (ou Molotov), que todos nós conhecemos!

O molotof é a sobremesa perfeita para (tal como os nossos antepassados) aproveitar aquelas claras que ficam esquecidas no congelador, que vamos guardando dos doces de Páscoa ou Natal, e que necessitam sempre de alguma criatividade extra! Por isso deixo-vos também algumas sugestões para o aproveitamento de claras, que já podem encontrar aqui no blogue, como por exemplo, Frittata Italiana ou Pizza de Fiambre e Cogumelos, ou ainda sugestões doces como Mousse de Chocolate, Suspiros, Bolo TigreMarshmallows sem Açúcar, Pavlova de Morangos, Charlotte de Chocolate, enfim uma infinidade de opções... acabaram-se as desculpas minhas gente!

Sigam todos os passos da preparação e o vosso molotof ficará perfeito! O meu abateu um bocado, como podem ver, porque não respeitei o tempo que deveria ter deixado o molotof no forno a arrefecer... é o que dá ser gulosa e apressada!


Bacalhau à Zé do Pipo

27 de Setembro de 2017

Gosto bastante de pratos com bacalhau. Se tivesse que escolher um Top 3 seriam com certeza Bacalhau GratinadoBacalhau à Brás e Bacalhau à Zé do Pipo. E nesta última receita, que partilho hoje convosco, tenho uma particularidade: não sou adepta de fritar ou cozer o bacalhau (seja em água, seja em leite), pronto falei! E nestes momentos por norma vozes se levantam, dedos se apontam a mim porque... não será o tradicional Bacalhau à Zé do Pipo.

Bem, pode não ser exactamente igual ao tradicional, é verdade, mas é a minha versão e fica incrível porque o bacalhau foi ficar super macio, de textura suave e aveludada e vão tirar o melhor proveito deste peixe maravilhoso! Porque ele não vai ficar seco e "crocante" da fritura, nem vai perder sabor na água da cozedura. Este prato fica muito saboroso a sério, era capaz de o comer todos os dias sem me cansar! Por vezes faço esta mesma receita, com alguns twists, mas isso fica para outro dia...


Panquecas de Maçã e Canela

25 de Setembro de 2017

Confesso que sou muito, mas mesmo muito preguiçosa para fazer e tomar o pequeno-almoço... sim, eu sei, o pequeno-almoço é a primeira, e mais importante refeição dia, que quebra o jejum e nos ajuda a ter a energia necessária para começar o dia. Mas dá-me preguiça... acabo por agarrar um iogurte líquido, um pacote de bolachas (num dia mais positivo!) e estou pronta a sair de casa.

Mas tenho tentado mudar isso e ser mais regrada comigo mesma! Por isso resolvi experimentar as famosas panquecas de banana... receitas e fotografias invade a internet mas, após diversas tentativas falhadas, acabei por desistir... nenhuma panqueca ficava direita ao virar. O sabor era bom, mas o aspecto... pareciam ter andado na guerra... eram quase umas panquecas mexidas!

Assim tentei à minha maneira, peguei em maçãs, ovos e farinha de aveia e comecei a misturar e assim surgiram estas panquecas que, para mim são perfeitas! Podem fazer as panquecas de véspera (como eu faço) e comer ao pequeno-almoço no dia seguinte (ou dias seguintes, alterando apenas as combinações). Super fáceis de preparar, demoraram também muito pouco tempo na frigideira; em menos de 1 minuto de cada lado estão prontas! Pessoalmente gosto de as acompanhar com iogurte grego, frutas da época (morangos, pêssegos, figos, etc.) e compotas, sendo a Compota de Figos Caseira a minha favorita do momento.


Bolo de Cenoura, Laranja e Amêndoa (sem lactose)

22 de Setembro de 2017

Cheguei há conclusão de que existem bolos simplesmente perfeitos para acompanhar um chá da tarde... bolos húmidos, densos, deliciosos, com um aroma a canela inconfundível que nos fazem querer comer mais um pedaço, e mais um, e mais um. E este bolo é assim. De aparência rústica, nada deixa a adivinhar o seu sabor... simplesmente fantástico! É daqueles bolos obrigatórios, têm menos que experimentar, acreditem em mim!


Quesadilla de Pizza

20 de Setembro de 2017

Há alguns dias partilhei convosco uma receita de wraps caseiros, ou tortilhas, como lhes preferirem chamar, e prometi na altura que iria partilhar também algumas sugestões para aplicação dessas mesmas tortilhas. Esta é uma das minhas opções favoritas porque... tem sabor a pizza (e poderia chamar-se pizzadilla)! E quem não gosta de pizza?! Toda a gente gosta de pizza! E vão gostar mais ainda quando virem o quão rápida é de preparar... para acompanhar basta uma salada fresca, uma sopa quentinha e têm um jantar leve preparado em minutos!


Bolo de Bolacha de Chocolate (Brigadeirão)

18 de Setembro de 2017

Há pouco mais de um atrás fiz uma receita de um Bolo de Bolacha com Café e Chocolate incrível... modéstia à parte claro! Isto porque normalmente os bolos de bolacha têm cremes de manteiga e açúcar e isso, além de me fazer alguma confusão, tira-me a vontade de os comer. Por isso fiz algumas experiências cá em casa, que resultaram naquele que, quem prova diz ser "o melhor bolo de bolacha" que já comeu. E eu não podia estar mais de acordo!

Mas sempre pensei como seria uma versão em chocolate, uma versão mais gulosa ainda, daqueles bolos para lamber o prato a seguir, mal ninguém esteja a ver... pois bem, não precisamos mais de pensar nisso, essa receita chegou! E chegou para ficar!

Por isso hoje convido-vos a comemorem uma fatia de bolo de bolacha comigo para celebrar uma data muito especial, afinal não é todos os dias que fazemos 27 anos, por isso um brinde a mim! Ai que festa!!!


9 Receitas para Marmitar

Por vezes o nosso trabalho, a escola, a faculdade, a vida em si, exige que viajemos mais, que se alterem os nossos horários, etc. E nesse processo é fundamental sabermos o que comemos, como foi confeccionado. Assim sendo e, apesar do tempo nos fugir pelos dedos, é fundamental andarmos de marmita atrás de nós, de preferência uma marmita fácil, saudável e económica.

Planeamento e organização é a chave para o sucesso! Dou sempre preferência a planear as refeições de marmita se possível, ao fim-de-semana (senão for possível, no dia anterior) e assim delinear estratégias. Preparar saladas, legumes salteados, gelatinas, frutas, chás gelados, etc. E claro, para preparar o prato principal desses almoços.

Dou preferência a marmitas passíveis de consumir quentes ou frias, para facilitar quem não tem micro-ondas por perto... e que vêem mesmo a calhar nestes dias de calor... por isso deixo-vos 9 sugestões, as minhas favoritas! A estas refeições podem adicionar os complementos que referi acima: uma boa salada ou legumes salteados, terminando a refeição com uma gelatina (com stevia, de preferência) ou fruta da época aos pedaços.


Pescada Gratinada

15 de Setembro de 2017

É importante ter uma alimentação equilibrada, comer um pouco de tudo, comer melhor no fundo... acho que nestes pontos todos estamos de acordo! Mas depois há quem diga que "comer melhor saí mais caro" e nesse ponto não concordo... uma alimentação saudável e diversificada pode ser também económica!

Senão acreditam façam então algumas contas comigo. Ir a uma cadeia de fast food custa em média, por pessoa, cerca de 6€ em que têm um hambúrguer, batatas fritas e uma bebida. Com esse valor é possível confeccionar uma refeição farta para 3 ou 4 pessoas, uma refeição com peixe, legumes e tudo aquilo a que temos direito... ou seja, sem recorrer a comidas processadas! Mas para isso claro é preciso planear, é preciso perder tempo na cozinha a preparar os alimentos... algum tempo em troca de uma alimentação melhor e mais económica... até porque dizem "tempo é dinheiro" e o dinheiro que gastam em fast food, acreditem em mim, vale bem o vosso tempo para comerem e viverem melhor!

Esta refeição de forno, de conforto, com pescada, hidratos de carbono e legumes custa apenas 6,45€ e serve generosamente 4 a 6 pessoas. Não há desculpas!


Strogonoff de Frango com Especiarias

13 de Setembro de 2017

Hoje partilho convosco uma receita de Strogonoff de Frango com Especiarias, uma versão minha deste prato tradicional que fica absolutamente deliciosa! É uma versão de sabores mais intensos, repleta de especiarias que nada fica a dever à versão original, cuja receita também se encontra no blogue, Strogonoff de Frango.


Wraps Caseiros (ou Tortilhas)

11 de Setembro de 2017

Por várias vezes pediram-me aqui uma receita de wraps boa, daquelas de guardar no caderno de receitas a sete chaves, para nunca mais ter que os comprar no supermercado. Após testar algumas receitas, rectificar quantidades e afinar procedimentos eis a tão pedida receitas... wraps caseiros, perfeitos para todo o género de receitas, para deixarem a vossa mente voar!

No blogue existem já várias receitas com wraps, mas desta vez ficaram ainda melhores sem dúvida, porque os wraps serão caseiros! Certamente se recordam das deliciosas pizzas feitas em apenas 10 minutos, Pizza de Bacon e Mozzarella e Pizza de Peru, Cebola e Mozzarella. Pois bem, podem colocar todas estas receitas em prática agora de forma ainda mais "caseira" e deliciosa...

Em breve irei trazer-vos mais receitas deliciosas com wraps, por isso fiquem atentos!


Bolo de Chocolate e Courgette

8 de Setembro de 2017

Parece-me que vão enjoar as receitas com courgette aqui no blogue... mas, como vos tinha dito no início da semana, o meu avô materno tem dedicado o seu tempo (de reformado) a uma horta biológica, e esta estação tem sido rico em vários legumes e derivados: cebolas, ervilhas e ervilhas de quebrar, vagens, pepinos, courgettes... e neste momento temos um excessivo stock de courgettes! Por isso nas próximas publicações do blogue vão encontrar várias receitas utilizando este legume, mas garanto-vos que todas elas deliciosas!

E este bolo foi muito elogiado cá em casa! Já tinha experimentado fazer um bolo de chocolate e courgette antes mas não gostei dele sou sincera. Havia muita coisa a melhorar para que, ao comer, ninguém suspeitasse sequer que a massa tinha courgette... alterações feitas e cheguei a este bolo incrível! O bolo não é nada doce, é super húmido e intenso e ao mesmo tempo leve... segundo o meu avô é o melhor bolo que já fiz, se o agricultor o diz, quem sou eu para duvidar?! Vamos então à receita...


Bife de Atum Grelhado com Cebolada

6 de Setembro de 2017

Adoro atum fresco grelhado! É um peixe extremamente nutritivo, muito rico em proteína e uma excelente fonte de nutrientes, como selénio, magnésio, potássio, ómega-3 e ácidos gordos essenciais; além de ser muito fácil de preparar, perfeito para refeições rápidas mas deliciosas! Pessoalmente gosto de o marinar e depois grelhar, acompanhado com cebola e umas batatinhas cozidas, ou seja, algo muito simples mesmo... porque as melhores coisas da vida são assim, simples!


Salada de Courgette Grelhada

4 de Setembro de 2017

Desde que os meus avós vieram para Portugal reformados, há quase um ano atrás, que o meu avó se tem dedicado a uma horta biológica, e também à criação de pássaros. Desta horta têm vindo todo o género de legumes e seus derivados: cebolas, ervilhas e ervilhas de quebrar, vagens, pepinos, courgettes... e neste momento temos um excessivo stock de courgettes, o que é fantástico! Obriga-nos a pôr a nossa imaginação à prova, obriga-nos a criar várias receitas deliciosas para evitar o desperdício deste legume tão preciso (sem aditivos e sem pesticidas, como gosta de salientar o meu avó!).

Por isso nada melhor, neste retorno, do que uma salada de courgette bem saudável e deliciosa, para aproveitar o que de melhor a natureza, e as mãos do meu avó, nos dão. O acompanhamento perfeito dos tradicionais grelhados de Verão, sejam eles de carne ou de peixe...


Pontos de Açúcar & Temperaturas


Várias dúvidas existem relativamente aos pontos de açúcar. Mas, felizmente, preparar caldas de açúcar não é difícil. Requer apenas conhecimento e prática, devemos saber exactamente como identificar cada ponto e depois aplicar! Aqui estão os principais pontos de açúcar e como os identificar:

Ponto de Fio Fino (101 ºC): Coloque uma colher de pau na calda e retire-a de seguida. Se a calda escorrer como se fosse água, o açúcar ainda não tem ponto. A calda deve correr fluidamente, mas aderindo uma pequena camada à colher. O ponto de fio é usado para fazer caldas e xaropes.


Ponto de Fio Forte (103 ºC): Mergulhe os dedos (polegar e indicador) em água fria e depois coloque um pouco de calda entre eles. Se ao juntar e afastar os dedos a calda formar um fio forte, estará encontrado o ponto.



Ponto de Cabelo (106 ºC): Deve mergulhar uma colher na pau na calda e ao levantar devem correr fios finos e quebradiços.



Ponto de Pérola (108 ºC): Existem dois métodos tradicionais de identificar este ponto. O primeiro é quando a calda de açúcar formar uma bola na extremidade de uma colher de pau. O segundo é quando a calda de açúcar começar a apresentar alguma consistência, coloque uma gota de calda num copo com água gelada; se se formar uma pérola perfeita no fundo do copo, atingiu o ponto desejado. Este ponto é muito usado para preparar compotas e outros doces como, por exemplo, quindins.



Ponto de Estrada (110 ºC): Ao passar a colher de pau ao longo da calda, forma-se uma abertura (como uma estrada) que permite ver o fundo do tacho. Este ponto é muito usado para os brigadeiros ou no merengue italiano.



Ponto Assoprado Fraco (112 ºC): Soprando nos buracos da escumadeira, após mergulhar a mesma na calda de açúcar, formam-se bolhas que rebentam rapidamente.



Ponto Assoprado Forte (115 ºC): Soprando nos buracos da escumadeira, após mergulhar a mesma na calda de açúcar, formam-se bolhas maiores que demoram algum tempo a rebentar, e ficam meias presas à escumadeira.



Ponto Espadana (117 ºC): A calda de açúcar escorre da colher em cascata. Este ponto é muito usado para fazer as frutas cristalizadas.


Ponto de Rebuçado (125 ºC): Ao colocar um pouco de calda em água fria, forma-se imediatamente uma bola consistente que se assemelha ao vidro.

Ponto de Caramelo (145 ºC): Este ponto é facilmente reconhecível pelo seu odor a... caramelo, que invade toda a casa, quando a calda começa a ganhar uma cor âmbar/caramelo.


Acompanha-nos também em: