ABC das Marmitas #1 - Comer Melhor e Poupar!

25 de Janeiro de 2018

A partir de hoje, e durante os meses de Janeiro e Fevereiro, vamos ter uma publicação semanal que abordará um tema, na minha opinião, bastante importante: as marmitas! Por isso fiquem atentos, irei dar várias dicas, opções de refeições e snacks (para quem, como eu, quer começar o ano de forma mais saudável!), receitas (com e sem micro-ondas), etc. Iremos fazer cálculos de quanto podem poupar, e vou partilhar com vocês como eu faço a minha gestão de tempo e recursos!




Comer melhor e poupar!

Cada vez mais levar a marmita para a escola ou trabalho é uma excelente forma de poupar muito dinheiro e comer de forma mais saudável... economia e uma vida mais saudável são as duas principais vantagens de levar as nossas próprias refeições, já para não falar que se evita muito o desperdício! E neste campo existem sempre (e cada vez mais!) soluções. Cada vez mais as empresas têm cozinhas (ou copas) para os funcionárias aquecerem as suas refeições, e espaços para convívio ao almoço, para quem não quer comer fora: em restaurantes, cafés e afins.

O único investimento que terá que fazer é comprar uma lancheira, marmita, algumas caixas herméticas (de preferência que vão ao micro-ondas), que são cada vez mais comuns, mais usuais. É também aconselhável uma boa garrafa de água, leve e resistente, que lhe permita encher durante o dia, porque é fundamental beber muita água, manter-se sempre hidratada/o!

Claro que levar as marmitas connosco vai ter um custo inicial. É por isso que é tão importante nesta fase pensar a longo prazo, optar por artigos que sejam resistentes (queremos que durem muito!), que preservem a temperatura dos nossos alimentos, e que sejam cómodos de transportar! No fundo devem ser práticos, simples e do tamanho adequado para transportar refeições completas e bem distribuídas!


É bastante frequente, principalmente no trabalho, perguntarem-me onde comprei o meu saco térmico, as minhas caixas próprias para micro-ondas, a garrafa de vidro, etc. por isso vou deixar como sugestão alguns dos artigos que utilizo diariamente, quase todos da SmartLunch, para vos inspirar e encorajar a marmitar! Porque se a nossa mala, caixas e afins forem bonitos e airosos, mais vontade ainda temos de ser organizados na hora de preparar e transportar as nossas marmitas.


Esta mala é um dos meus produtos favoritos... é super leve e fácil de transportar e o seu interior é em napa, permitindo uma fácil limpeza e higienização da mesma. Esta disponível em 10 cores, por isso existe para todos os gostos!


Costumo usar caixinhas resistentes empilháveis ou individuais para a refeição em si (almoço ou jantar) e para a fruta (por norma morangos, melão, manga, etc.). As caixinhas devem ser compactas, resistentes, e devem permitir ir quer ao micro-ondas, quer à máquina de lavar a loiça, poupando-nos tempo e dinheiro! Existe algumas mais pequeninas perfeitas para os pequenos snacks e petiscos.


Os talheres são fundamentais também e optei por escolher com conjunto em aço inoxidável, que são apropriados para a máquina de lavar, e vêm numa bolsa onde costumo colocar também um guardanapo e uma barrinha de cereais, para petiscar entre refeições quando a fome aperta!


Hidratação é fundamental! E eu bebo muita água diariamente mas, apesar de ter um bebedouro no meu local de trabalho, também gosto de beber chás (quentes ou frios) e sumos de vez em quando. Então costumo encher a garrafa com chá de cidreira (um dos meus favoritos!), sumo de laranja (ou tangerina) natural e, ocasionalmente, faço águas aromatizadas com limão, laranja, morangos, framboesas, etc.

É esta garrafa que costumo levar comigo para o ginásio também porque, apesar de ser em vidro, este é muito leve e resistente (inquebrável mesmo!). E eu uso a alça de silicone dela para a transportar, o que a torna bastante prática. E para me ajudar a controlar a quantidade de água que ingiro, tenho até uma aplicação, Drink Water!, que me permite ver se estou a beber a quantidade de água necessária face à minha altura, peso e necessidades.

Esta época é de aproveitar porque os artigos da SmartLunch são de muita qualidade, muito resistes e estão agora com vários descontos por causa dos saldos!


Mas... vamos a números!!!

Com alguns pequenos cálculos é possível percebermos quanto dinheiro gastamos em alimentação fora de casa. Dinheiro esse que podia ser gasto em tantas outras coisas mais proveitosas para nós: compra de uma casa, carro, mota, aquela viagem de sonho, um computador novo, uma mala de marca... algo que nós dê muito mais prazer! Por poupar para um sonho (pequeno ou grande!) é sempre muito positivo, muito estimulante... e se pudermos aliar o facto de comermos mais saudável, melhor ainda!

Sobras da refeição de um dos dias anteriores, aproveitamentos (pegar em "restos" e recriar novas receitas) ou refeições preparadas especificamente para a ocasião... uma das grandes vantagens das marmitas é saber exatamente aquilo que come, o que as torna excelentes aliadas para quem pretende uma dieta equilibrada e saudável!

Vamos considerar que, num dia normal de trabalho, fazemos três pausas para comer. A meio da manhã comemos por norma um snack, um café ou um sumo talvez. Ao almoço pedimos um prato principal, carne ou peixe, quem sabe uma salada e uma bebida para acompanhar. E a meio da tarde petiscamos de forma semelhante à manhã... por isso vamos a contas!

  • Snack a meio da manhã: pão com manteiga + meia de leite = 1,60€
  • Almoço: prato principal + sopa (ou salada) + bebida = 6,00€
  • Snack a meio da tarde: artigo de pastelaria + sumo = 2,00€

Três pausas para refeições somadas e já gastamos 9,60€... dependendo do ganho por hora de cada um claro, num dia de trabalho de 8 horas, já trabalhamos 2 horas apenas para pagar aquilo que comemos, e que nem sempre é o mais saudável sequer!

Tendo em conta que um mês tem cerca de 20 dias úteis iremos gastar:

9,60€ x 20 = 192€ / mês


Num ano de trabalho (excluindo o mês de férias claro!):

192€ x 11 = 2 112€ / ano


Em média gastamos cerca de 2 000 euros quando optamos por fazer três refeições diárias fora de casa... apenas uma pessoa! Se aí em casa foram dois ou três, ou até mesmo quatro pessoas... bem, façam as contas, é só multiplicar! E ver o dinheiro literalmente a sair-nos do bolso!

Claro que ao preparar as refeições em casa vai gastar dinheiro na mesma! Afinal, como se costuma dizer "there's no free lunch!" (em português, "não há refeições grátis!") literalmente! Mas o valor que vão gastar será bem menor...

Acompanha-nos também em:

   

8 comentários :

  1. Dicas preciosas!!!
    ...
    Aqui … um lugar especial em Coimbra:
    https://crocheteandomomentos.blogspot.pt/2018/01/penedo-da-saudade.html

    E no sábado houve peixe à mesa:
    https://ospetiscosdagracinha.blogspot.pt/2018/01/peixe-no-forno.html

    Para si … uma semana bem a seu jeito!!!

    ResponderEliminar
  2. Se poupamos e além disso comemos mais saudável.
    Belissima partilha, Bárbara.

    Beijinhos e uma boa semana,
    Clarinha
    https://receitasetruquesdaclarinha.blogspot.pt/2018/01/dia-de-reis-e-um-bolo-rei-de-nutella.html

    ResponderEliminar
  3. Adoro marmitas, é a melhor forma de pouparmos dinheiro. :)
    Um beijinho,
    http://myheartaintabrain.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Ana!

      Sem dúvida e poupamos em dobro sempre!
      Poupamos porque fica mais económico trazer de casa, e porque poupamos na saúde, sabemos sempre o que comemos :)

      Beijinhos

      Eliminar
  4. Antes de mais queria agradecer o comentário que deixaste no meu blog antigo Bittersweet London! O meu novo website é o www.americanish.blog, se lá quiseres ir espreitar.

    Também fazemos marmitas cá por casa e sem dúvida que é uma óptima ajuda no dia a dia, para levar para o trabalho!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Alexandra!

      Sem dúvida, as marmitas são incríveis, ajudam imenso!

      Beijinhos

      Eliminar