Bacalhau à Zé do Pipo

27 de Setembro de 2017

Gosto bastante de pratos com bacalhau. Se tivesse que escolher um Top 3 seriam com certeza Bacalhau GratinadoBacalhau à Brás e Bacalhau à Zé do Pipo. E nesta última receita, que partilho hoje convosco, tenho uma particularidade: não sou adepta de fritar ou cozer o bacalhau (seja em água, seja em leite), pronto falei! E nestes momentos por norma vozes se levantam, dedos se apontam a mim porque... não será o tradicional Bacalhau à Zé do Pipo.

Bem, pode não ser exactamente igual ao tradicional, é verdade, mas é a minha versão e fica incrível porque o bacalhau foi ficar super macio, de textura suave e aveludada e vão tirar o melhor proveito deste peixe maravilhoso! Porque ele não vai ficar seco e "crocante" da fritura, nem vai perder sabor na água da cozedura. Este prato fica muito saboroso a sério, era capaz de o comer todos os dias sem me cansar! Por vezes faço esta mesma receita, com alguns twists, mas isso fica para outro dia...



Bacalhau à Zé do Pipo

Ingredientes para 2 a 3 pessoas:
  • 400 g de supremas de bacalhau Pescanova
  • 600 g da batatas
  • 250 ml de leite meio gordo
  • 50 g de pimento verde em tiras
  • 50 g de pimento vermelho em tiras
  • 2 cebolas
  • 2 dentes de alho
  • 1 colher de sopa de manteiga
  • 2 folhas de louro
  • maionese q.b.
  • mistura de 5 pimentas Margão q.b.
  • noz moscada Margão q.b.
  • sal Margão q.b.
  • azeite q.b.

Preparação:
1. Num tacho coloque as batatas num tacho com água e sal e deixe-as cozer.
2. Entretanto noutro tacho leve ao lume o azeite, a cebola às rodelas e os pimentos cortados em tiras, juntamente com o alho picado e as folhas de louro.
3. Deixe refogar até que a cebola fique translúcida e o pimento macio. Reserve num prato.
4. No mesmo tacho da cebola e do pimento, e aproveitando o molho, coloque o bacalhau, e deixe-o cozinhar durante 5 minutos, virando a meio. Reserve.
5. Quando as batatas estiverem cozidas escorra a água. Adicione o leite morno e a manteiga, envolva e esmague as batatas, até obter um puré cremoso e sem grumos.
6. Tempere o puré com sal, noz moscada e pimenta e envolva. Se necessário adicione mais leite, até atingir a consistência desejada.
7. Num tabuleiro de forno coloque o bacalhau, cobra-o com a cebola e os pimentos refogados e uma generosa camada de maionese.
8. Coloque o puré num saco de pasteleiro e distribua nas laterais do bacalhau.
9. Leve o bacalhau ao forno, pré-aquecido nos 180 ºC, durante 10 a 15 minutos, até alourar.


Produtos utilizados neste receita:


Acompanha-nos também em:

   

2 comentários :

  1. Eu gostei muito desta versão. As receitas tradicionais podem sempre ser reinventadas ;) beijinhos

    https://saboresdoninho.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Claudia!

      Sem dúvida! É sempre possível adaptar uma receita a nós, aos nossos gostos e das nossas famílias!

      Beijinhos

      Eliminar