Ovos Mexidos com Salmão Fumado

Creio que isto acontece com toda a gente... adoro fins-de-semana! Acho que ninguém diz "bolas, é quase fim-de-semana, que chatice!", por isso todos nós temos algo em comum. O que pode diferir são os motivos pelos quais adoramos verdadeiramente os fins-de-semana... e o que eu mais gosto é de puder acordar sem despertador.

Nunca fui de dormir até tarde, de acordar quase ao meio-dia, dormir e dormir até mais não... antes pelo contrário, sempre fui madrugadora, acordar cedo nunca foi problema para mim! Mas o tempo passa e, principalmente com este frio, torna-se cada vez mais difícil acordar cedo, ouvir aquele barulho irritante do despertador, que insiste em tirarmos dos lençóis bem quentinhos!

Outra coisa que adoro nos fins-de-semana, particularmente aos domingos, é puder tomar ou não pequeno-almoço, consoante a vontade, e puder deliciar-me, tardiamente, com algo mais reconfortante... como estes ovos mexidos que são de outro mundo! Super fáceis de fazer (claro!), deliciosos e perfeitos para manhãs solarengas de inverno... ah, e são saudáveis também, muito saudáveis!




Ovos Mexidos com Salmão Fumado
(adaptação de Receitas Saudáveis, de Jamie Oliver)

Ingredientes:
  • 1 fatia de pão de sementes de linhaça
  • 2 fatias de salmão fumado
  • 2 ovos caseiros
  • 1 colher de sopa de leite meio gordo
  • mistura de 5 pimentas Margão q.b.
  • endro (ou aneto) Margão q.b.
  • azeite q.b.
  • sal q.b.

Preparação:
1. Numa taça bata os ovos com o leite, temperando com sal, pimenta e endro a gosto. Adicione o salmão fumado, cortado em pedaços e misture.
2. Leve ao lume uma frigideira anti-aderente com um fio de azeite e deixe aquecer ligeiramente.
3. Deite os ovos na frigideira, mexendo de 10 em 10 segundos, até ficarem a gosto.
4. Sirva os ovos mexidos, ainda quentes, sobre a fatia de pão de sementes de linhaça torrado.

Bom apetite!

Segue-me também em:
   

Ovos de Codorniz Marinados

Como é bom estar de volta! Durante as últimas semanas estive ausente devido a problemas com o computador, e também alguns problemas pessoais que me roubaram um pouco a vontade de cozinhar, escrever, etc. Mas é bom estar de volta! Voltar aos velhos hábitos e rotinas, voltar aos tachos e panelas, fazer algo de que realmente gostamos e que nos realiza...

Por vezes, com o dia-a-dia, acabamos por nos esquecer do que realmente importa, acabamos por esquecer que o importante é fazer aquilo que gostamos e que, sem isso, começamos a murchar, acabamos por cair num rotina obsessiva e opressiva, que nada mais do que nos desmotivar ainda mais. E eu adoro comer e adoro cozinhar, por isso era inevitável voltar a este cantinho que tantas alegrias me traz, que tanto me ensinou, que tão boas pessoas trouxe à minha vida... por tudo isso estou eternamente grata!


Bolo de Chocolate e Pêra (sem glúten)

O fim do ano está quase ai... é importante fazer um balanço de tudo o que passou. Guardar os dias felizes, as boas recordações, os dias de sol e mar. Deixar para trás todos os dias tristes, cinzentos e caóticos. É hora de olharmos com atenção à nossa volta... ver tudo o que temos de bom na nossa vida, tudo aquilo que fomos conquistando, e orgulharmos disso, agradecermos por isso!

É hora de começar de novo, de respirar fundo e olhar em frente! Estabelecer novas metas, novos objectivos que nos apaixonem e ir à luta. Que este novo ano seja melhor que o anterior, e que os maus momentos nunca eclipsem os restantes!

Língua de Vaca Estufada com Legumes

Acho que, senão fosse o facto de o meu pai adorar língua e estar sempre a falar disso, nunca tinha provado, nunca a teria cozinhado sequer! Confesso que são tipos de carne que não me chamam a atenção, não me cativam muito... mas devo dizer que, língua de vaca estufada, acompanhada com legumes e puré de batata é uma delícia! A carne é tenra e saborosa e é sem dúvida um prato a repetir... quem diria?! O próximo passo é pensar em novas formas de cozinhar a língua...

Camembert de Cogumelos e Alho Panado

Adoro queijo... poderia dizer que adoro qualquer tipo de queijo, mas não seria bem assim. Gosto de queijo, mas não aprecio aqueles queijos muito fortes e característicos. Gosto de queijos mais suaves, de preferência de vaca (embora me delicie com queijo de cabra quando derretido!), daqueles amanteigados, que se desfazem na boca, que acompanham na perfeição uma fatia de pão rústico ou um belo pão-de-ló da avó...

Sou especialmente apaixonada por Brie e Camembert, dois queijos franceses de textura cremosa, quase amanteigada, e de sabor intenso que, quando quentes, deixam as minhas papilas gustativas em pleno êxtase... Quando a marca Merci Chef! me desafiou a preparar uma receita, soube de imediato que tinha que preparar uma versão mais light de uma das minhas entradas favoritas: queijo camembert panado com compota de frutos vermelhos! Assim, em vez de recorrer a uma fritura de imersão... recorri a uma mais superficial que deixa, de igual modo, o queijo derretido, guloso e a chamar por mim...

A marca apresenta-nos em Portugal duas variedades de camembert (cogumelos e mistura de pimentas e três variedades de queijo de cabra (Buchette Light, Sainte-Maure e Soignon Bûche), que podem encontrar à venda nos hipermercados Jumbo e Continente.

Rabanadas

Rabanadas são, sem sombra de dúvida, um dos meus doces de Natal favoritos, a par com o pão-de-ló caseiro, de preferência daquele húmido, tipo Ovar!

Semana passada não resisti... estava de folga e apetecia-me desesperadamente comer rabanadas... fui comprar um cacete e fui direitinha para a cozinha. De lá não saiu a versão tradicional, mas sim uma versão um pouco diferente, com essência de baunilha que lhes conferiu um sabor fantástico... não podem deixar de experimentar, ficam fantásticas! Brevemente quero experimentar rabanadas de laranja... é uma ideia que me anda a atormentar há dias... espero que sejam (no mínimo) tão deliciosas como estas!