Viagem a Coimbra - Parte 2

Dia 1

Recentemente fui a Coimbra... cada vez mais gosto de viajar e cada vez mais tenho vontade de partir à descoberta do nosso país, e não apenas de destinos lá fora! Na semana passada partilhei convosco o meio de transporte que escolhi e o local incrível onde fiquei alojada, que podem ver AQUI. Hoje vou-vos falar um pouco sobre os principais pontos que visitamos no primeiro dia da viagem, os meus locais favoritos... Estão preparados?! Vamos lá então!


Museu Nacional Machado de Castro

O Museu Nacional de Machado de Castro é um dos mais importantes museus de Belas-Artes de Portugal, com vários núcleos de escultura, pintura e artes decorativas, ocupando as antigas instalações do Paço Episcopal de Coimbra (onde funcionava a antiga Igreja São João de Almedina). Possui este nome em homenagem ao escultor conimbricense Joaquim Machado de Castro.

Museu Nacional de Machado de Castro.

Todo o museu vale a visita, mas a minha parte favorita foi, sem dúvida alguma, a Capela do Tesoureiro... originalmente esta capela (que vêem na fotografia abaixo) integrava a cabeceira da igreja do Convento de S. Domingos, que hoje já não existe. Em 1963 decidiram desmontar e reedificar a capela no pátio interior deste museu! Esta capela é uma obra maravilhosa, dedicada a Nossa Senhora da Assunção... e consegue captar o nosso olhar durante horas! Tantos são os detalhes, tamanha é a sua beleza... de cortar a respiração!

Capela do Tesoureiro, que integrou em tempos a cabeceira da
igreja do Convento de S. Domingos.

A partir do terraço do museu temos uma vista maravilhosa sobre a cidade. Existe no museu um restaurante com esplanada, onde podem tomar um copo e desfrutar de um bonito pôr-do-sol!

Vista sobre a esplanada do museu, e a cidade de Coimbra.

A entrada no museu é gratuita para todos os cidadãos, nacionais e estrangeiros residentes em território nacional, aos domingos entre as 10h e as 14h. Nos restantes dias e horários, a entrada tem um custo de 6,00€.

Pudim de Chocolate Saudável

1 de Novembro de 2019

Este pudim de chocolate além de muito saboroso, é bem mais saudável do que um tradicional... tem poucas calorias e o seu valor nutricional é bem mais simpático! Como podem ver pela fotografia, fiz o pudim numa forma normal de pudim. Podem fazê-lo também claro! Mas não recomendo principalmente se for para um almoço ou jantar com visitas, porque não é nada fácil tirar uma fatia direitinha. O pudim é bem cremoso! Por isso recomendo que coloquem em forminhas individuais.


Sugestões de Halloween

O Halloween, ou Dia das Bruxas, é um evento tradicional e cultural que se alastrou um pouco por todo o mundo, e que tem especial importância nos Estados Unidos, Canadá, Irlanda e Reino Unido. Atualmente esta celebração conta com fantasias e costumes, repletos de bruxas, vampiros, gatos pretos, fantasmas, monstros e aranhas… num dia especial principalmente para as crianças que saem para pedir “doces ou travessuras” de porta em porta.

É o evento perfeito para celebrar com os mais novos... na cozinha! A altura ideal para prepararem deliciosos petiscos assustadores, verdadeiramente horripilantes, de deixar os cabelos em pé... tais como estas sugestões que vos trago hoje... buuuhhh!


Bolo de Cenoura com Brigadeiro

27 de Outubro de 2019

Mais um ano de blogue, mais um bolo de aniversário... mas este ano não fiz grandes inovações confesso! Esta não foi uma semana fácil. Estou com uma pseudo gastroenterite e agora, quis o destino, que apanha-se uma valente constipação também! Por isso, para celebrar este dia especial, o bolo é modesto mas delicioso... não se deixem enganar!

Eu adoro bolo de cenoura... e este é especial porque tem uma cobertura generosa de brigadeiro e alguns mini brigadeiros a decorar! O bolo ficou bem tosco porque não fui paciente... e coloquei os brigadeiros com a cobertura ainda morna então tudo parece estar a "derreter" um pouco, e na realidade está. Esta é a prova de que incidentes na cozinha acontecem, e está tudo bem! Não há mal nenhum e acontecem a toda a gente... bem, não acontecem a quem não cozinha apenas!

Palavras para quê?! Não há muito a dizer... é incrível ver a evolução em 8 anos quer em termos de experiência na cozinha, quer em termos de blogue, de maturidade, etc. e é incrível também como o tempo voa, como nem damos pela sua passagem quase... lembro-me perfeitamente onde estava, como estava tudo há 8 anos atrás, e parece que foi ontem! OBRIGADA a todos os que continuam desse lado, a todos os que se juntaram entretanto e acompanham diariamente este cantinho!

Este foi um ano particularmente especial porque consegui recuperar a consistência do blogue, voltei a ganhar amor pela cozinha, pelos tachos e panelas... foi um ano de mudança de vida e de mindset, e estou muito grata por isso!


Creme Brulée de Coco

25 de Outubro de 2019

Recentemente fui jantar a um restaurante mexicano no Porto que tinha como sobremesa um creme brulée de coco que estava maravilhoso... cremoso, aveludado, com o toque do coco e o crocante da casquinha de açúcar queimado. Soube na hora que tinha que experimentar em casa... e aqui está a receita, igualmente maravilhosa! O desafio aqui é comerem apenas uma taça...


Esparguete à Carbonara

23 de Outubro de 2019

Há duas semanas quando estive em Coimbra comi uma massa fresca à carbonara maravilhosa, num verdadeiro restaurante italiano que descobrimos lá, Il Tartufo! Uma italiana de gema (que poucas palavras de português falava!) preparava a massa fresca à nossa frente... e não resisti a provar a sugestão que ela me deu! Até porque eu adoro carbonara... além de deliciosa, é super simples e rápida de preparar!

Na escolha dos ingredientes convém terem dois cuidados. O bacon deve ser de ótima qualidade porque o resultado final vai depender disso claro, quão melhor o vosso bacon, mais saboroso e rico o vosso carbonara! Eu escolho sempre o bacon da Primor, quem me conhece já sabe. E também devem usar queijo parmesão fresco, ralado na hora... porque o sabor nem tem comparação!


Pimentos Padrón

21 de Outubro de 2019

Quem não conhece ainda os pimentos padrón? Um petisco tipicamente espanhol (em terras de sua majestade usam até a expressão "pimientos de padrón, unos pican y otros no!") que consiste em pequenos pimentos ao estilo roleta russa: uns são "normais", outros picam e bem... super simples de preparar e deliciosos, são uma sugestão perfeita para "apimentar" o início de uma refeição. Gosto particularmente deles acompanhados de pão da aldeia torrado.

A receita é bem simples... e que comece a verdadeira roleta gastronómica! Podem comer os pimentos padrón assim simples, ou podem adicioná-los a outros pratos. Eu adoro nos ovos rotos, uma tapa típica espanhola, por exemplo.


Bolo Mousse de Chocolate e Laranja

18 de Outubro de 2019

Imagine um bolo de chocolate tipo mousse, bem cremoso e intenso... com um toque de laranja! E por cima uma generosa colherada de chantilly caseiro... uma verdadeira tentação para saborear uma e outra vez, porque este bolo (ainda por cima!) não é enjoativo. É um dos bolos favoritos cá em casa, em particular o favorito da minha mãe... por ela fazia um destes todas as semanas, sem excepção!


Pão Integral com Nozes

16 de Outubro de 2019

Hoje comemora-se o Dia Mundial do Pão. Um alimento de todos os dias, que (quase) todos adoramos, e sem o qual não passamos. Quem resiste a uma bela torrada com manteiga ao pequeno-almoço?! Eu não consigo! E se for um pão mais especial, com nozes... que ao torrar ficar ainda mais deliciosas e crocantes... com manteiga a derreter, salgadinha... aiiiii! Já estão a imaginar o quão bom é este pão não já?! A única coisa que mudava nesta receita seria... dobrar a quantidade de nozes! Por isso atualizei as quantidades, e temos duas chávenas de nozes em vez de uma, para vossa (e minha) felicidade.


Gnocchis à Bolonhesa

14 de Outubro de 2019

Nunca tinha experimentado gnocchis... fui às compras e encontrei-os ali e pareceu-me bem trazê-los comigo, tentar experimentar algo novo porque é fácil cair na rotina e preparar quase sempre os mesmos pratos. E eu adoro experimentar coisas novas! Nem sempre foi assim claro, mas agora é! E acho preferível provar e não gostar, mas dar uma chance, do que nunca provar e ficar na dúvida. E ainda bem que trouxe estes gnocchis para casa comigo...

Esta é uma receita obrigatória, têm que experimentar! E nada de queijo parmesão já ralado por favor... comprem um triângulo de parmesão e ralem na hora, faz toda a diferença! Sejam felizes, na cozinha e na vida, permitam-se experimentar algo novo sempre!